A revelação dos sete selos

22 de março de 1963
Jeffersonville - Indiana - E.U.A.

39 Agora, todos leiam, do nono versículo agora ao décimo primeiro, incluindo o décimo primeiro. E havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não... julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um -- um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos... e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.

141 Agora, o primeiro foi aquele leão que rugiu, aquela pura, inadulterada Palavra.

146 Boi, sacrifício! Oh, que coisa! Você compreende isto? [A congregação diz: “Amém.” - Ed.] Tudo bem. Correto. Agora, o sacrifício, aquilo só podia funcionar naquela era, para combater a grande oposição naqueles mil anos.

150 Agora, a coisa seguinte que saiu, para combater aquilo, foi a Besta com a face de um homem; esperto, educado, astuto, refinado, ungido com aquele Espírito daquele dia. Observaram isto? Agora, ele saiu para combatê-lo, com a astúcia da sabedoria de Deus consigo. Aquela foi a era da reforma, Martinho Lutero, João Wesley, e assim por diante. Vejam, era a reforma. Zwinglio, e, oh, quem mais, Knox, Calvino, e quem mais, vejam, saíram. Foi uma sutileza. Agora, observe, exatamente da era das trevas, da reforma, deste modo, observe, foi a astúcia do homem.

190 O leão, aquele foi o original. Ali é onde o anticristo aparece para o combate.

199 E recordem, quando a águia finalmente chega, será um centésimo de um por cento deles que ouvirá. É a era da águia. Recordem, todos estes outros cavaleiros... E então mesmo Jesus predisse que, “Se Ele não apressasse a Sua Vinda, não haveria nenhuma carne, de modo algum, salva para o Rapto.” ...?... É isto escriturístico? [A congregação diz, “Amém” - Ed.] Vêem onde estamos então, não é, irmãos e irmãs? [“Amém.”] Conseguem ver onde estamos?

202 E então de acordo com a -- a época que Deus ia libertar o mundo antidiluviano, Ele enviou a águia.

E no tempo em que Ele estava indo libertar Israel, Ele enviou a águia. 203 Crê você que no tempo, mesmo João, na Ilha de Patmos, esta Mensagem era tão perfeita que Ele não podia confiá-La a um Anjo? Você sabe, um anjo é um mensageiro. Mas você sabe que o mensageiro era um profeta? Crê você nisto? [A congregação diz, “Amém” - Ed.] Vamos provar isto. Apocalipse 22, vamos ver se era uma águia. Sim. Veja, ele era um... Claro, que ele era um anjo, ele era o mensageiro, mas foi um profeta que revelou todo este Livro de Apocalipse para ele.

217 Vejam, “Da Palavra de Deus e do testemunho que deram.” Agora, não -- não se movam daí. Só um momento, vejam. E clamavam... com grande voz, dizendo: Até quando,... (vêem?)... ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e -- e ... seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.

227 Não é de se admirar, que Jesus, na cruz, e aqueles Judeus gritando pelo Seu Sangue! Aqueles eram Seus próprios filhos. E Ele era a Escritura. Ele Mesmo era a Palavra. E aqui, Ele sabendo que aquelas pessoas O teriam recebido alegremente! E esta é a razão pela qual Ele os cegou, para que então eles não O reconhecessem. Ele veio de uma maneira tão humilde, e os cegou para isto, de tal forma que eles não O receberiam. Vêem? A Escritura diz que eles fariam isto. E Ele os cegou. Foram cegados! Jesus Se compadeceu tanto deles, que Ele disse: “Pai, perdoa-lhes. Eles não sabem o que fazem.” Vêem? Eles estavam cegos. Paulo disse que eles foram cegados por uma causa, por nós.

458 E eu verdadeiramente creio, com todo o meu coração, que as verdadeiras revelações das revelações do Primeiro, Segundo, Terceiro, Quarto, e Quinto Selo estão agora abertas para nós.

Eu O amo, eu O amo
Porque Ele primeiro me amou.
A revelação dos sete selos