Três minutos para a meia-noite

Três minutos! Não admira a ciência dizer que é três minutos para a meia noite. Três minutos é tudo o que vai levar para balançar o mundo completamente em pedaços e explodi-lo. Nós estamos vivendo em tempo emprestado.
O caminho provido de Deus 15/04/1959

http://branham.org/articles/1282015_3MinutesToMidnight
 

Relógio do Juízo Final está a 3 minutos da meia-noite

Nunca o fim esteve tão próximo: O aviso foi feito pelo comité do Boletim de Cientistas Atómicos que afirmou que "a probabilidade de uma catástrofe global é muito alta"

3 minutos


O relógio, que é uma imagem figurada em que a meia-noite representa o final, converteu-se num indicador universalmente reconhecido da vulnerabilidade do mundo às acções do homem e ao avanço da tecnologia.

3 minutos


A directora executiva do Boletim, Kennette Benedict, que integra um grupo de cientistas que inclui 17 Prêmios Nobel, indicou, durante uma conferência de imprensa, em Washington, que a modernização das armas nucleares e o aquecimento global representam uma ameaça "extraordinária e desigual" para a existência da humanidade. 

O grupo entendeu também que não se fez o suficiente para evitar o aquecimento global, que pode elevar a temperatura média do planeta entre três e oito graus centígrados até ao final do século, algo que, assegurou, será "catastrófico" para a Terra. 
Desde que foi criado, em 1947, o relógio já foi ajustado 18 vezes.

3 minutos

A última vez que o relógio foi alterado foi em Janeiro de 2012, quando avançou um minuto dos seis para os cinco para a meia-noite. 

A vez em que esteve mais perto da meia-noite foi em 1953, quando os EUA e a então União Soviética estavam a desenvolver a bomba de hidrogénio. 

Ao contrário, as mudanças políticas na Europa de Leste permitiram que os ponteiros fossem afastados da meia-noite para os 17 minutos, em 1991.


FONTE: http://www.sabado.pt/mundo/detalhe/relogio_do_juizo_final_esta_a_3_minutos_da_meia_noite.html

Três minutos para a meia-noite