A Festa dos Tabernáculos

A Festa dos Tabernáculos (Sucôt ou Cabanas)

Dentre as três grandes festas comandadas por Deus, a Festa dos Tabernáculos é a de  maior significado profético para nós cristãos. É comemorado no décimo-quinto dia do mês de Tishri, duas semanas após Rosh Hashanah e, usualmente, cai final de Setembro ou princípio de Outubro.
A palavra “tabernáculo” origina-se da palavra latina “tabernaculum” que significa “uma cabana, um abrigo temporário”. No original hebraico a palavra equivalente é Sucá, cujo plural é Sucot.
A Festa dos Tabernáculos durava uma semana e durante este período habitavam em tendas construídas com ramos.

 


O FUTURO LAR DO NOIVO CELESTIAL E DA NOIVA TERREAL


186    Vamos a Levítico - volte ao capítulo 23 de Levítico. Desejo que você veja em Levítico onde nós estávamos no último domingo, ou último....Isto é o que me dá a idéia aqui mesmo. O capítulo 23 de Levítico e o versículo 26. Agora recordem, há 7 dias festivos: a Festa das Trombetas, a Festa dos Tabernáculos, a Festa do molho movido, tudo isto. Há sete grandes dias festivos que são unicamente um tipo das Sete Eras da Igreja. E recorda quantos sábados havia entre uma e outra? Vê, sete sábados entre Pentecoste e as Trombetas, o que eram as Sete Eras da Igreja. E ali havia sete dias festivos que representam as Sete Eras da Igreja. Mantenha seus números consecutivamente.


CISTERNAS ROTAS

108    Em São João 7:37 e 38, Jesus disse no final da Festa dos Tabernáculos: “Se alguém tem sede, que venha a Mim e beba.” E todos eles estavam regozijando. Eles tinham uma pequena fonte de água vindo de debaixo do altar, e -- e ali estavam todos eles bebendo dela em celebração à -- à festa, e diziam: “Nossos pais beberam da rocha espiritual no deserto...” Veja, eles cavaram para si mesmos uma cisterna, bombearam uma água estagnada de algum lugar, e a fizeram jorrar sob o templo ali. E todos eles se reuniam ao redor daquela água, e bebiam, e diziam: “Anos atrás nossos pais beberam no deserto.”
    Jesus disse: “Eu sou aquela Rocha que estava no deserto.”
    Disseram: “Comemos o maná do céu e Deus o fazia cair.”


O FUTURO LAR DO NOIVO CELESTIAL E DA NOIVA TERREAL

187    Diz, “Bem agora, irmão Branham, de fato se esgotou. Você tem seu sete”, Está bem, deixe-me tomar a última festa, a qual era a Festa dos Tabernáculos. Agora veja, aqui no versículo 36:
    Sete dias... oferecereis...ofertas queimadas ao Senhor: ao dia oitavo tereis santa convocação... (ali há outro tempo santo vindo)... santa convocação, e oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; dia solene é, nenhuma obra servil fareis.

193    Sete dias, que é?...o qual passa, o tenho dito: mudará para outra. Oito dias tem a ver com a nova criação. Vêem, não a velha criação; oito dias é nova criação. Porque foi no oitavo dia que nosso Senhor se levantou dos mortos. Aí está sua outra convocação....a santidade, não considerando os sábados em tudo, ou a Festa dos Tabernáculos, a festa de Pentecostes. No oitavo dia Jesus se levantou dos mortos para nossa justificação! Depois do sétimo sábado ou sete dias, as Sete Eras da Igreja, Jesus se levantou dos mortos! Oitavo dia, o qual é uma Santa convocação (vêem?), o qual é o primeiro dia. Vêem, você de fato passou ao longo do tempo e caiu na Eternidade novamente, não guardando dias e guardando sábados e luas novas e coisas como essas, mas têm passado; mudou sua forma, não aniquilou (Glória!), mas passou da morte à Vida Eterna! Oh, o que a Bíblia nos ensina! Passou de uma a outra.

334    Assim sendo, ancião, anciã, não se desanime. Se você é uma representação aqui em cima neste atributo de Deus....Ele é Deus....Se você tem...se você está representado aqui, não podes...estas no Eternal. E se atravessas desse sétimo dia para o oitavo (entrarás na eternidade pelo Batismo do Espírito Santo) estás incluído nisto. Agora, se estás confiando numa sensação ou brincando para cima e para baixo, ou: “eu faço isto, guardo o sétimo dia, não como carne”, e coisas como essas, isso perecerá no Eleito. Porém isto é o Eterno. Isto é o Eterno, a festa depois da Festa dos Tabernáculos. Vêem? A Festa dos Tabernáculos foi a festa final, a sétima festa. Estamos agora adorando sob a Festa dos Tabernáculos, a Sétima Era da Igreja.

A Festa dos Tabernáculos