A revelação do Sétimo Selo

Apocalipse 8:1. “E havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora”.

         Em todos os demais selos que João escreveu haviam símbolos. Primeiro selo: cavalo branco, segundo selo cavalo vermelho, terceiro selo cavalo preto, quarto selo cavalo amarelo, quinto selo almas debaixo do altar, sexto selo turbulência na natureza. Porém concernente ao sétimo selo, nenhum símbolo, nada escrito, somente um silêncio por quase meia hora. O irmão Branham disse que o sétimo selo é a vinda de Jesus. Quando o profeta foi pregar sobre o sétimo selo leu Apocalipse 8, mas não ficou ali, foi para Apocalipse 10 e disse: (Mensagem “O Sétimo Selo”- 248).

         E agora tão certo quanto estou de pé na plataforma nesta noite, eu tive a revelaçao que revelou. Está de um modo tríplice. De tal modo falarei com vocês, através da ajuda de Deus, para desdobrar isto. E então você... Revisemos isto primeiramente. Aqui está a revelação, para iniciar o que quero lhes dizer, o que é isto. O que acontece é que... Aqueles sete trovões que ele ouviu ecoar e foi proibido escrever, é ali onde está localizado o mistério, atrás daqueles sete trovões consecutivos ribombando.

         Muitos não vêem o sétimo selo aberto e revelado, porque não levam em conta que é revelado de maneira tríplice. A primeira parte se cumpriu no profeta, a segunda está se cumprindo na noiva, a terceira é o rapto. É a vinda de Jesus que também acontece em três partes.
Sermão “A Festa das Trombetas” – 264: “Olhem, quero dizer uma coisa mais. Atentamente agora; não percam isto. Quão tremendo! Na mensagem do sétimo anjo. (Mensageiro do Sétimo Selo). Em Apocalipse 10, era o sétimo selo.”

O irmão Branham não explicou muito sobre o sétimo selo, pois numa visão o anjo lhe orientou para não explicar. Na mensagem O Sétimo Selo, o irmão Branham conta a visão das três puxadas, estava ele pescando e seu objetivo era fisgar os peixes grandes, pois assim o anjo lhe falou. Havia em seu redor um grupo de pregadores e diziam: “Aleluia!” “Irmão Branham! Você é um grande pescador.” O profeta diz que começou a lhes ensinar como pescar, porém na duas primeiras puxadas vieram peixinhos muito pequenos. A visão mudou e ele se encontrava chorando, a linha estava toda
enrolada e tinha um sapatinho de neném em sua mão; tentava passar a linha no ilhós, mas não conseguia. Então a voz disse: “Eu lhe disse para não fazer isso! Você não pode ensinar a bebês pentecostais, coisas sobrenaturais”.

Então apareceu uma tenda, ou catedral com um pequeno quarto onde estava a coluna de fogo. Então o anjo disse: “Eu te encontrarei ali, esta será a terceira puxada e você não vai contar isto a ninguém”.
Na mensagem “Qual a Atração Sobre a Montanha?” Quando a espada do rei caiu em sua mão, uma voz disse: “É aquela terceira puxada”. (parágrafo 123).

Na visão das puxadas primeiramente foi: Vara de pescar, linha, anzol, peixe... Eram símbolos das primeiras etapas do ministério do profeta. Depois aparece uma tenda ou edifício, mais uma vez é símbolo, não é uma tenda literal, trata-se de um ajuntamento, mas há um quartinho onde Deus tem um encontro com o eleito. É ali que a palavra “O único lugar escolhido por Deus para adoração”, tem um encontro conosco, para a cura da alma. Este lugar secreto é a revelação do sétimo selo. Debaixo de um silêncio o eleito tem um encontro com Cristo, só ali se adquiri fé de arrebatamento, é algo muito maior que as primeiras puxadas.

O sétimo selo estava acontecendo diante das pessoas e não estavam vendo. Na mensagem “O Sexto Selo” 371 se lê assim:

         Se o senhor permitir, amanhã a noite eu quero lhes mostrar um mistério que tem seguido o tempo todo, exatamente nestas reuniões. Eu duvido muito que vocês tenham visto ou não, vejam o que aconteceu. É algo que está aqui diante de vocês e eu tenho ficado na expectativa, cada noite, que, por isso vir à tona, por alguém que diga: “Eu o vejo”.

O irmão Branham, na primeira noite antes de começar a pregar sobre os selos, ele pregou “Deus escondido e revelado em simplicidade”. Quando pregou assim já falava do sétimo selo. A primeira parte da tríplice revelação do sétimo selo, foi o filho do homem (Jesus Cristo), através de um filho do homem, um profeta (Willian Branham), revelando os mistérios dos sete selos, abrindo a palavra, era isso que não estavam vendo, o próprio sétimo selo estava acontecendo diante deles.

Na mensagem “O Sétimo Selo” 38, o irmão diz assim:

         Eu tento me fazer tão claro quanto eu posso, mas de agora em diante, eu... eu acho que eu nunca tentarei isso novamente. Você crerá absolutamente, ou não. E estou... Você verá um pouquinho mais tarde a razão.

Ele diz que não falaria tão claro como antes, lembre-se: o anjo falou para não ficar explicando a terceira puxada.

No livro “Uma Exposição das Sete Eras da Igreja”, parágrafo 5 se lê assim:

         Este livro (Apocalipse) não pode ser revelado a qualquer um exceto a uma classe especial de pessoas. Será necessário alguém com percepção profética. Requererá a habilidade de ouvir de Deus. Requererá instrução sobrenatural, não apenas um estudante comparando versículo com versículo, embora isso seja bom, mas um mistério requer ensinamento do espírito ou ele nunca se torna claro. Como necessitamos ouvir de Deus e nos abrirmos e nos tornarmos rendidos ao espírito para ouvir e saber.

O irmão Branham disse que o sétimo selo e a sétima trombeta são a mesma coisa. A sétima trombeta de Apocalipse 11 é a pregação de Moisés e Elias aos 144 mil judeus que hão de receber a salvação no período da grande tribulação. A sétima trombeta é a revelação da palavra para eles, os tirando da ignorância que os judeus estiveram durante dois mil anos. A sétima trombeta mostrará para eles tudo que ocorreu durante todo este tempo. Agora veja o que o profeta falou sobre esse assunto na mensagem “A Festa da Trombeta” – 155: “Observem agora exatamente, a continuidade da escritura, exatamente a mesma, sob a sétima trombeta, é para Israel o mesmo que o sétimo selo foi para a igreja.”

       
  Se a sétima trombeta é a revelção da palavra aos Judeus e o irmão Branham diz que o sétimo selo é o mesmo para a igreja, o que é este sétimo selo para nós então? É a revelação total da palavra. O sétimo selo teve seu início em 28 de fevereiro de 1963, quando apareceu no céu aquela nuvem formada por sete anjos, aquilo era Apocalipse 10 do 1 ao 7 acontecendo.

A primeira parte desta revelação tríplice do sétimo selo, que foi Jesus, o filho do homem sendo revelado através de um filho do homem, estava acontecendo lá na abertura dos selos. Isso porém não foi visto no momento. Esse era exclusivamente o mistério do último anjo. Mensagem “O Primeiro Selo” 68:

         ... Oh, é um grande plano! Até isto chegar àquele último anjo. Agora, ele não tem nenhum determinado mistério. Mas ele reúne tudo que se perdeu naquelas outras eras, todas as verdades que não foram realmente reveladas ainda, vejam, à medida que a revelação vem, então ele revela
aquelas coisas em seu dia. Se você deseja ler isto, aí está. Apocalipse 10 do 1 até por volta do 4. Você obterá isto. Correto. Veem? Ele toma o livro dos selos e os rompe e os mostra ao sétimo anjo; só para este, os mistérios de Deus, é o ministério do sétimo anjo.

         O irmão Branham citou várias vezes que o sétimo selo é a vinda de Jesus Cristo, então muitos dizem que não foi revelado, pois a vinda ainda não aconteceu. Não levam em conta que a vinda iniciou no alarido, com a manifestação do filho do homem. O sétimo selo teve sua primeira parte cumprida no sétimo anjo, a segunda parte se cumpre na noiva, a terceira parte é o arrebatamento da igreja. Como já citamos, o sétimo selo foi revelado de maneira que só a noiva capta o mistério revelado. Mensagem “Eventos Esclarecidos por Profecia”, 17.

         E os verdadeiros crentes nesta palavra, os quais a aceitaram desta forma, creram nela e com paciência esperam por suas promessas profetizadas, cada uma delas se manifesta em sua era. Cada crente tem observado isto. Cada crente que tem estado nas pontas dos pés observando, é para eles que isto é revelado.

         Mensagem: Os Ungidos dos Últimos Dias – 149 ... Eu quero que vocês pensem entre estes lugares. Se eu não o disser, certamente o Espírito Santo o revelará, especialmente aos eleitos.

         Mensagem: Jeová-Jire – 67. Oh irmão, a Bíblia é nada mais do que uma carta de amor. Você ter que ler entrelinhas, ver o que quer dizer. Deus disse que ele escondeu dos sábios e prudentes e revelou-se a tais bebês para que aprendessem. Quando estou fora em missões, minha esposa escreve-me uma carta e eu a amo e ela me ama. E ela diz: “Querido Bill, esta noite eu apenas coloquei as crianças na cama e eu tenho trabalhado hoje...”

         Eu vejo o que ela está escrevendo. Eu a amo tanto que posso ler entrelinhas. É dessa forma que é com Deus. Nós não estamos tentando estudar de um ponto de vista de noticiário, algum ponto de vista teológico, mas apaixonamo-nos por ele. Apaixonamo-nos e realmente o temos em nossos corações. O amor de Deus preenche nosso coração pelo Espírito Santo. Então vá ler a Bíblia. Você vai ver isto vindo exatamente entrelinhas. Vê, você sabe o que ele está dizendo. Ele nem chegou a dizer aquilo por uma palavra.
         Jesus agradeceu ao pai porque ele escondeu aquelas coisas aos olhos dos sábios e prudentes. Agora ninguém mais poderia ler as cartas da minha esposa deste jeito. Porque eu a amo assim. Vêem? E esse é o jeito que ela escreve para mim. Esse é o jeito que Deus escreve para você. É entrelinhas. Você lê isso.  .

        
O irmão Branham explica que a revelação do sétimo selo é gradual. Mensagem “O Sétimo Selo” – 234.

         É exatamente como lançar um foguete no ar. E aquele foguete explode e então sobe e explode novamente. São colocadas cinco estrelas. Uma daquelas estrelas explode e faz desabrochar cinco estrelas dali; e então uma daquelas estrelas explode e faz desabrochar cindo estrelas dali. Veja, elas vão se apagando. É isto que é o sétimo selo. Ele simplesmente encerra o tempo para o mundo, encerra para isto, para aquilo. Tudo simplesmente terminou naquele sétimo selo.

         Amigos, o sétimo selo iniciou lá na montanha com o irmão Branham, está acontecendo com a noiva e irromperá no seu arrebatamento, o irmão chamou de “O Sétimo Selo, o mistério da ida ao lar”. Esta é a parte final do sétimo selo, e disto o irmão Branham dizia, não foi revelado.
Na abertura do sétimo selo houve quase meia hora de silêncio no céu (um período de tempo). Sim, porque o cordeiro havia descido à terra com livro aberto e quando descia rugiu como quando ruge o leão, e havendo rugido, sete trovões soaram suas vozes (Apocalipse 10). O silêncio aconteceu no céu pois o cordeiro estava rugindo na terra. Estamos hoje em tempo presente, na abertura do sétimo selo está acontecendo a união invisível da noiva, um povo que ouviu a voz de Deus através dos sete trovões está para ser raptado.

Fonte: A Voz do Profeta